feminefisioterapia

A pele na gravidez

Posted on: 23/03/2011

 

Quase todas as mulheres grávidas desenvolvem algum grau de hiperpigmentação da pele, sendo que a mudança de pigmentação cutânea mais freqüente é o escurecimento da linha alba, localizada no abdome, que se torna a linha nigra. A pele ao redor das aréolas também escurece e se estende, recebendo o nome de aréola secundária. No pós-parto essas áreas se tornam menos pigmentadas.

O melasma é a mudança pigmentar mais perturbadora esteticamente, ocorre em até 75% das mulheres grávidas e afeta as áreas da pele mais expostas ao sol. Os três padrões clínicos melasmáticos são:

  • Centrofacial – que envolve as bochechas, testa, lábio superior, nariz e queixo;
  • Malar – envolve o nariz e bochechas;
  • Mandibular – envolve o ramo da mandíbula.

O aumento da pigmentação não está totalmente entendido. Uma possibilidade é que o estrogênio e a progesterona causem estimulação dos melanócitos. No entanto, tem sido demonstrado que as alterações pigmentares ocorrerem no início da gravidez e antes da elevação dos níveis plasmáticos do hormônio estimulante de melanócitos (MSH), que ocorre no final da gestação.

A exposição descontrolada à radiação solar é responsável pela hiperpigmentação da pele. Portanto, proteger-se do sol (com o uso de protetor solar, óculos e chapéu) é parte essencial do esquema de tratamento.

Melasma devido à gravidez geralmente regride dentro de um ano. Entretanto, as áreas de hiperpigmentação podem nunca se resolver completamente. Para as pacientes no pós-parto, o uso de agentes clareadores e peelings químicos são frequentemente recomendados. Tratamentos a laser e dermoabrasão também são usados. Independentemente do método escolhido, a terapia deve ser combinada com o uso de protetores solares tanto ultravioleta B quanto ultravioleta A.

Fonte: uptodate.com

 

 

2 Respostas to "A pele na gravidez"

tenho mamchas no nariz e testa e bochechas ja temtei tudo ate tenho feito acompanhamento na dermatologista mas nao to feliz nao melhorou quase nada to com começo di depreçao nao quero mas sair nem ir al trabalho quero fica dentro do quarto i nem receber visita me ajudem por favor

Olá Márcia
Em relação as suas manchas, primeiro precisamos saber se há algum diagnóstico médico. Quando as manchas iniciaram? Quais tratamentos você já realizou ou está realizando? Geralmente, manchas são difíceis de serem removidas e a pele de cada pessoa responde de um modo diferente.
Estamos à disposição para qualquer dúvida.
Abraço
Clínica Femine – Fisioterapia Especializada

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: