feminefisioterapia

Peeling Químico!!!

Posted on: 14/07/2011

            O Peeling Químico é o queridinho do inverno, pois nessa estação a incidência de raios solares é menor. Logo, o interesse por esse procedimento aumenta muito nessa época do ano. Abaixo segue uma explicação do que é esse famoso Peeling Químico.

            Peeling é o nome dado ao procedimento onde se provoca a descamação da pele. O termo deriva do verbo “to peel”, que em inglês significa descascar. Quando o agente indutor desta esfoliação é químico damos o nome de “Peeling químico”.

            Como todo peeling, o objetivo é a renovação celular, de forma progressiva, estimulando a regeneração natural dos tecidos. Os peelings podem ser muito superficiais, superficiais, médios e profundos, dependendo da região da pele que atinge.

            Os peelings químicos podem ser indicados para o tratamento de várias alterações de pele como: manchas, cicatrizes e fotoenvelhecimento (envelhecimento pelo sol, que inclui rugas, flacidez, manchas senis, entre outras alterações).

            Os ativos escolhidos são geralmente ácidos, principalmente os ácidos orgânicos. A aplicação deles diminui a coesão dos corneócitos da epiderme (células superficiais da pele), como um esfoliante potente, favorecendo seu desprendimento e por conseqüência a renovação celular da pele. Alguns ácidos além de promoverem a esfoliação, favorecem também à estimulação da produção dos componentes da matriz dérmica (colágeno, por exemplo) bem como um aumento significativo da hidratação da mesma.

            O ácido pode variar sua composição e potencial terapêutico e irritativo. Primeiramente, após a avaliação se optará por um ácido ou uma combinação de ácidos. Após se verificará a concentração do peeling, ou seja, a porcentagem de ácido. Isso vai determinar a potência do produto, quanto maior a concentração, maior a potência, maior a descamação e também maior o risco de reações adversas. Outro item que influencia é o pH, quanto mais baixo (mais ácido), mais potente e com mais reações adversas.

            A escolha do peeling químico varia de pessoa para pessoa, assim como os resultados e as reações. A concentração pode variar também de acordo com as conseqüências na pele. Não há modo de prever a intensidade dos efeitos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: