feminefisioterapia

Técnica de Amamentação II

Posted on: 07/12/2011

Para sentir conforto e manter seu tórax estável, a mãe deve estar com as costas bem apoiadas e pelo menos um dos pés apoiado em um pequeno banco. A criança é que deve ser levada ao peito, e não o contrário. Ao se estimular o lábio inferior do bebê com o bico do seio, ele abre a boca. Assim que ele estiver com a boca aberta ao máximo, deve ser levado rapidamente ao seio. Na boa pega, o mamilo é posicionado no céu da boca.

O bebê deve estar calmo e bem alerta. Deve estar de frente para a mãe, com a barriga encostada na da mãe. Também o queixo e o nariz da criança devem estar bem encostados no seio. Ainda que o bebê fique com o nariz encostado na mama, ele poderá respirar normalmente, devido à conformação anatômica de seu nariz. Não há por que se preocupar com a respiração do bebê se parecer que ele está com o nariz encostado demais no seio. Se aquela posição estiver desagradando-o, ele afastará um pouco a cabeça para respirar melhor, já que nada está forçando a sua cabeça contra o peito; isto é, só os ombros, e não sua cabeça, que devem se apoiar no braço da mãe, deixando o pescoço livre para movimentação. As nádegas do bebê devem ser bem apoiadas. A cabeça e o corpo do bebê devem estar em linha reta e o pescoço não pode estar torcido.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: